Alegra-te com a inquietação das águas…

By Kika Domingues
By Kika Domingues

 

Desconfia das pedras e ama os pássaros…ensina a tua alma amiga a gostar dos ventos, vive profunda  a ciência da esperança. Ela é fiel e a mais lúcida de tuas irmãs, ela vive a medida da desmedida e ousa contemplar o segredo do tempo. Ensina a teus passos caminhar nos sonhos quando vier a hora definitiva, estarás mais próxima. Não temas a proximidade da morte,guarda a tua emoção como louvor à grandeza da vida. Quando vês um pobre, ele te julga tu te julgas, Deus te julga. É a hora da misericórdia. A bondade, esta fecunda imensa existência na qual a vida chega a se abraçar com a morte a fim de vencê-la. Só te inclines diante de Deus, ou diante de alguém que sofra, o resto é idolatria…Estamos na travessia, sofre e alegra-te com a inquietação das águas. Admira a beleza do mar e não sejas boba em pedir às vagas e espumas a quietude de um porto. Vives o tempo da coragem, a música do risco. Teu sangue nas veias ignora o que seja a imobilidade e por isso vives. E essa é a mais fiel imagem do Infinito e Ardente Cristal. O tempo assiste a luta entre o afeto e o medo. O tempo te desafia, clamando: abraça-me ou adormece. Amar, único verbo sereno a mover-se, sobre a certeza da eternidade. (Extraído do Livro: São Francisco de Assis, de Leonardo)

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s