DO JEITO QUE A GENTE ERA…

 

 

As lembranças iluminam as esquinas da minha mente

Lembranças nebulosas pintadas em aquarela

Do jeito que a gente era

Imagens despedaçadas de sorrisos que deixamos para trás

Sorrisos que demos um para o outro

Pelo jeito que a gente era

Pode ser que tudo tenha sido tão simples então

Ou foi o tempo que reescreveu cada linha

Se a tivéssemos a chance de fazer tudo de novo

Me diga, a gente faria? A gente poderia?

As lembranças podem ser maravilhosas e ainda assim

O que é doloroso demais para recordar

Simplesmente escolhemos esquecer

Portanto é do riso que recordaremos

Sempre que lembrarmos como éramos

Do jeito que a gente era

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s