LIBERA – Como Anjos… Celestial!

Difícil escolher o momento mais belo desses Meninos Cantores…

Libera é um grupo sem fins lucrativos de canto formado por meninos e dirigido por Robert Prizeman. Seu nome vem da sua reconhecida canção “Libera”, na qual é baseada numa parte da música de Libera Me, de Requiem Mass. A maioria dos meninos em Libera vem do coro da paróquia de St. Philips, Norbury no Sul de Londres. Os meninos fazem os álbuns, turnês e apresentações de TV cantando junto á eles um coral de homens e garotos de corais contratados. Quanto o exato número de alterações que ocorrem ano após ano, no dia 25 de janeiro de 2009, Libera tinha aproximadamente 40 garotos entre as idades de 7 e 10 anos, mas os mais velhos também podem participar se tiverem vozes apropriadas para o canto. Isto incluem aqueles meninos que não estão prontos para participar completamente nos álbuns e digressões. 19 meninos participaram na turnê estadunidense de 2008. 24 meninos cantaram para o álbum, New Dawn. Os meninos vieram de várias escolas, incluindo estaduais, e formações na área de Londres Uma afiliação com a Igreja Anglicana não é necessário, isto porque o projeto recruta crianças de qualquer denominação religiosa, até aquelas que não possuem uma entidade assumida.

Fonte:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Libera_(projeto_musical)

Acesse também:

http://www.libera.org.uk/

http://www.youtube.com/user/OfficialLibera#p/p

sugestão de vídeos:

http://www.youtube.com/watch?v=bAULcisUEGw

http://www.youtube.com/watch?v=5NYTnuAfFp8

http://www.youtube.com/user/OfficialLibera#p/c/A1396886447BE854/3/KYNSP8aVj6E

http://www.youtube.com/user/OfficialLibera#p/c/A1396886447BE854/4/Wmm26EMuhzw

•¤•

MEUS OLHOS, MEUS ÁTOMOS EM TI…

Tudo em ti me sugere desmesura por que em ti meus olhos ganham fundura e contêm sistemas solares.

Em ti, meus átomos emulam galáxias instáveis e orbitam ao redor do teu umbigo, centro do universo.

Olha pra mim e me banha nessa luz que contém todas as gamas, alfas e betas do azul radiante,

do verde profundo, lilases aquáticos, fulguras de bronze.

Me suga pra dentro do mundo de lógica inversa que existe no teu avesso

e me deixa navegar  até os lugares imprecisamente indicados pelo mapa da palma da tua mão.

(TICCIA)

•♥•

AMIGO DESCONHECIDO!? – Sérgio Sá

                                                                                                                                                                

Somos seres vibrando

Força e beleza cósmica
Mundos estranhos em movimento
Que de repente podem se tocar
Na dança da precisão do acaso
Dança da precisão do acaso…

Somos seres vibrando
Força e beleza cósmica
Mundos estranhos em movimento
Que derrepente podem se tocar
Na dança da precisão do acaso
Dança da precisão do acaso…

Preso nas rédeas do tempo
Nas redes do espaço
Procuro atingir no meu canto
Alguma nova dimensão

Pretendo que ele chegue ao teu ouvido
Meu grande amigo desconhecido

Pra que a gente possa cantar numa mesma oração
Pra que a gente possa cantar numa mesma oração…

Preciso te encontrar
Quero tanto te abraçar
Conhecer pela nossa luz
Como se faz um universo
Eu preciso te encontrar
Quero tanto te abraçar
Conhecer pela nossa luz
Como se faz um universo…

Vou voltar sei que ainda vou voltar
Para o meu lugar é lá
É ainda lá…

Preciso te encontrar
Quero tanto te abraçar
Conhecer pela nossa luz
Como se faz um universo
Eu preciso te encontrar
Quero tanto te abraçar
Conhecer pela nossa luz
Como se faz um universo
Eu preciso te encontrar
Quero tanto te abraçar
Conhecer pela nossa luz
Como se faz um universo
Eu preciso te encontrar
Quero tanto te abraçar
Conhecer pela nossa luz
Como se faz um universo
Eu preciso te encontrar
Quero tanto te abraçar
Conhecer pela nossa luz
Como se faz um universo
De luz..

(Sérgio Sá)

—————————————————————————————————————————————————————————

O MÚSICO E COMPOSITOR:

Ele nasceu em Fortaleza, mas desde a adolescência está radicado
em São Paulo, onde começou suas atividades musicais aos 16 anos, tocando órgão
em festas pelo interior paulista. De lá até hoje são centenas de composições
gravadas por grandes nomes da MPB, além de seus próprios discos.
Na década de 70, quando começou a compor temas para as
novelas da TV, Sérgio Sá adotou o pseudônimo de Payl Bryan,
assim como muitos compositores brasileiros da época. Gravou temas de sucesso
para novelas famosas como “Cavalo de Aço” e o “Bem Amado” entre outras.
Sérgio Sá também já escreveu dois livros, um deles sobre
música e o mais recente “Feche os olhos para ver melhor” que fala de suas
experiências pessoais e tenta passar aos leitores formas de superar as
dificuldades da vida.

Sobre livro:

FECHE OS OLHOS PARA VER MELHOR
Os limites dos sentidos e os sentidos dos limites

Sérgio Sá

O desenvolvimento de nossos próprios sentidos e a descoberta de novos limites para suas expansões, é a proposta central que apresenta este livro de Sérgio Sá. São reflexões e relatos de experiências vividas pelo autor, em um depoimento sensível e tocante sobre sua condição de deficiente visual e sua relação com o mundo.Cego de nascença, Sérgio teve sua sensibilidade trabalhada com cuidado e carinho, esculpida por uma família atenta e preocupada em “adequá-lo” à vida numa sociedade tão preconceituosa quanto repressora. O fio condutor da obra está na sugestão que o autor nos faz para que criemos novas maneiras de ver, ouvir, sentir, lidar com o mundo. Para isso, devemos reavaliar o potencial de nossos recursos físicos – tato, audição, olfato e paladar -, mentais e espirituais – nossa capacidade de perdoar, de compreender, de julgar sem condenar.

Leia Mais:

http://www.saeditora.com.br/catalogo/comportamento-psicologia-educacao/feche-os-olhos-para-ver-melhor-os-limites-dos-sentidos-e-os-sentidos-dos-limites/

Imprensa

Sérgio Sá : Fábrica de Sons

AS IMAGENS DESTE POST FORAM RESULTADOS DE PESQUISA NO GOOGLE

MOMENTO DE SONHO REAL

_________

***

A primeira vista
A paixão não tem defesa
Tem de ser um grande artista
Pra querer se segurar
Faz tremer a perna
Faz a bela virar fera
Quando alguém que a gente espera
Quer se chegar

Só de pensar
Já me faz mais feliz
Nem bem o amor começa
Eu já quero bis

Chega e instala a beleza
No mesmo momento. . .

Ilusão tão boa
Quanto o astral de uma pessoa
Chega junto, roça a pele
E já quer se enroscar
Lê seu pensamento
Paralisa seu momento
Ao se encostar

Sonho real faz surpresa pra mim
e transe o meu destino com alguém assim

Chega e instala a beleza
No mesmo momento…

Felicidade pode estar pelo sim
Às vezes do seu lado
Tem alguém afin

Chega e instala a beleza
Momento de sonho real

Vem andar comigo
Numa beira de estrada
Desse lado ensolarado
Que eu achei pra caminhar
Vem meu anjo torto
Abusar do meu conforto
Ser meu bem em cada porto
Que eu ancorar

Sonho real faz surpresa pra mim
e transe o meu destino com alguém assim

Chega e instala a beleza
Momento de sonho real

(Sonho Real – Lô Borges)

 

 

tumblr_loryg9ri6Z1qcxieko1_500_large