VOU TE CONTAR TOM JOBIM…

 

Wave

Tom Jobim

 

Vou te contar
Os olhos já não podem ver
Coisas que só o coração pode entender
Fundamental é mesmo o amor
É impossível ser feliz sozinho…

O resto é mar
É tudo que não sei contar
São coisas lindas que eu tenho pra te dar
Vem de mansinho à brisa e me diz
É impossível ser feliz sozinho…

Da primeira vez era a cidade
Da segunda o cais e a eternidade…

Agora eu já sei
Da onda que se ergueu no mar
E das estrelas que esquecemos de contar
O amor se deixa surpreender
Enquanto a noite vem nos envolver…

Vou te contar…

 

Quem eu sou pra querer entender o amor – JORGE VERCILLO

Romântico Incurável

   http://listen.grooveshark.com/songWidget.swf

Romântico Incurável!… A D O R O!!!

Delicioso de ouvir!

Os românticos todos curtem e adoram o Jorge, Vercillo.

Achamo-nos em suas letras.  Claro, nós, românticos incuráveis!

Nessa fase de muito trabalho e pouco tempo pra me dedicar

as “minhas” fotografias, prefiro chegar e ficar escutando essas

músicas maravilhosas da MPB. Hoje é dia de ouvir Jorge Vercillo.

E o Jorge então é MARAVILHA!

Eu amo!

 Amo Música !

Ela me envolve demais a alma;

minha fiel amiga e companheira. Inseparável.

Já dizia meu amigo Artur da Távola:

Música é vida interior e quem tem vida interior

jamais padecerá de solidão”

Fenix

Encontro das águas

 Ela une todas as coisas

Raios da Manhã

Final Feliz

Avesso…

E tantas mais, um absurdo!

Certa vez ouvindo Ela une todas as coisas,

vindo do trabalho, comentei com meu amigo do lado:

“Muito lindo Jorge… Mas não funciona…

Amar tanto assim será que vale a pena !?“…

AHHHH! VALE SIM! O amor sempre vale a pena!

Acesse o link abaixo e ouça JORGE VERCILLO

numa deliciosa PLAYLIST do GROOVESHARK:

http://listen.grooveshark.com/#/search/songs/?query=jorge%20vercilo

Letras das Músicas

http://letras.terra.com.br/jorge-vercilo/

Herbert Viana – a lua que eu te dei

 

 

(by_remotocontrole.jpg)

 

Herbert Viana

 

Posso te falar dos sonhos

Das flores

De como a cidade mudou

Posso te falar do medo

Do meu desejo, do meu amor…

Posso falar da tarde que cai

E aos poucos deixa ver

No céu a Lua

Que um dia eu te dei…

Gosto de fechar os olhos

Fugir no tempo

De me perder

Posso até perder a hora

Mas sei

Que já passou das seis…

Sei que não há no mundo

Quem possa te dizer

Que não é tua

A Lua que eu te dei…

Pra brilhar

Por onde você for

Me queira bem

Durma bem

Meu Amor…

Eu posso falar

Da tarde que cai

E aos poucos deixa ver

No céu a Lua

Que um dia eu te dei…

Pra brilhar

Por onde você for

Me queira bem

Durma bem

Meu amor…

Durma bem

Me queira bem

Meu Amor…

(imagem google)

Terra e Água – Hilda Hilst

 

 

 (Olhar_by_anaRITAd40)

 

Se te pareço noturna e imperfeita
Olha-me de novo. Porque esta noite
Olhei-me a mim, como se tu me olhasses.
E era como se a água desejasse escapar
de sua casa que é o rio e deslizando apenas,
nem tocar a margem. Te olhei.
E há tanto tempo entendo que sou terra.
Há tanto tempo espero
Que o teu corpo de água mais fraterno
Se estenda sobre o meu. Pastor e nauta
Olha-me de novo. Com menos altivez.
E mais atento.


Hilda Hilst